quinta-feira, 14 de abril de 2011

Plataforma de testes em biofotônica recebe "luz verde" para estudos clínicos em humanos


A Guided Therapeutics (GI; Norcross, GA) recebeu aprovação do Institutional Review Board ( IRB) paracomeçar a testar sua tecnologia de detecção em seres humanos. Os testes serão realizados visando o diagnóstico de esôfago de Barrett (ou síndrome de Barrett), uma condição a qual acredita-se ser causada pelo refluxo ácido excessivo e que serve como um precursor para câncer de esôfago. O IRB também qualificou a tecnologia como possuindo "risco não significativa", considerando-a segura quando usada apropriadamente.

O novo produto para a detecção de esôfago de Barrett está sendo co-desenvolvido com a Konica Minolta Opto, Inc. (Tóquio, Japão) e baseia-se na tecnologia LightTouch da companhia, para detecção não invasiva do câncer cervical, que está em processo de aprovação do FDA.

Mark L. Faupel, CEO e presidente da Guided Therapeutics, Inc., diz que próximos marcos da empresa será o de concluir o desenvolvimento dos seus protótipos e iniciar o primeiro estudo clínico, o que eles esperam iniciar no segundo ou terceiro trimestre de 2011 .

A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirma que o câncer de esôfago encontra-se logo abaixo do câncer do colo do útero, com relação ao número de casos recém-diagnosticados. Novos casos de câncer de esôfago estão estimados em 410 mil em todo o mundo, com mais de 16.000 novos casos por ano e mais de 14.000 mortes somente nos EUA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário