quarta-feira, 4 de maio de 2011

Dispositivo usando LEDs é a nova arma para a Terapia Fotodinâmica

A Photocure está desenvolvendo um tratamento não-cirúrgico, baseado na terapia fotodinâmica (TFD), que visa remover o vírus do papiloma humano (HPV) e tratar os precursores do câncer de cérvix (cólon do útero) de maneira mais eficaz.

O Cevira, que consiste na combinação de um medicamento e um dispositivo desenvolvido com a ajuda da Sagentia, proporciona um tratamento de TFD especificamente destinado a destruir o tecido infectado pelo HPV, assim como o tratamento de lesões pré-cancerosas no colo do útero, sem danificar o tecido saudável. Este é o primeiro tratamento de TFD que utiliza a tecnologia LED em um dispositivo auto-alimentado descartável, que pode ser implantado dentro de uma cavidade do corpo.
O Cevira contém uma fonte de luz LED que, em combinação com um determinado medicamento, inicia uma reação fotoquímica no tecido exposto. Totalmente integrado, o dispositivo de uso único é administrado por um ginecologista ou colposcopista e depois é deixado no local por até 24 horas, período durante o qual o paciente é capaz de deixar o hospital e continuar com as suas atividades diárias, antes de remover e eliminar o dispositivo naturalmente.

O Cevira foi aprovado pelo FDA para uso em testes clínicos de fase II. O teste vai investigar se esta forma avançada de TFD em pacientes com pre-câncer de colo de útero é de fato uma alternativa aos atuais procedimentos cirúrgicos, tais como a terapia a laser, excisão ou crioterapia. Tais procedimentos podem danificar o tecido saudável e causar problemas de saúde a longo prazo, incluindo infecções pós-cirúrgicas, redução da fertilidade e incapacidade de gestação.Este estudo também investigará a adequação do tratamento de pacientes com anomalias cervicais suaves. Esta nova abordagem poderá tornar-se uma alternativa para os pacientes, entretanto inúmeros e desgastantes exames de acompanhamento atualmente têm de ser executados.

O julgamento será realizado em vários centros de todos os EUA e Europa e está previsto para começar na primavera de 2011.

Nenhum comentário:

Postar um comentário