quarta-feira, 2 de maio de 2012

Encontrado material radioativo roubado no Rio de Janeiro

fonte: Comunicação Social CNEN

A Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) acompanhou as buscas e a recuperação de um aparelho de gamagrafia que estava no interior de um veículo roubado na noite de sábado (28/4) na cidade de Duque de Caxias (RJ). O equipamento possui uma fonte radioativa de selênio-75, material que oferece riscos à saúde caso sua estrutura de blindagem seja violada. A localização foi possível em razão de uma denúncia anônima feita na noite da segunda-feira (30/4).
O aparelho pertence à empresa ARCTEST e é usado para radiografar estruturas metálicas com a emissão de raios gama. O roubo aconteceu por volta das 23h30min do sábado, quando funcionários voltavam de uma inspeção de soldas, atividade que costuma ser feita fora do horário de expediente normal. O equipamento estava acondicionado em uma caixa metálica no porta-malas de um carro da empresa.  
A ARCTEST está devidamente regularizada junto à CNEN e contatou a equipe de emergência da Comissão ainda no início da madrugada de domingo. Desde que foi comunicada, a CNEN  acompanhou as buscas ao equipamento que foram realizadas pela Polícia Civil, manteve uma equipe de prontidão e contatou demais órgãos públicos que pudessem auxiliar na localização da fonte radioativa.  
Na tarde de segunda-feira (30/4), a CNEN e a Secretaria de Defesa Civil do Estado do Rio de Janeiro organizaram uma entrevista coletiva, que reuniu as principais redes de rádio e televisão e jornais do País. Com a ampla divulgação do perigo oferecido pelo equipamento roubado, rapidamente foi possível localizá-lo.
Uma denúncia feita na noite da segunda-feira, pelo telefone da equipe de emergência da CNEN, informou que o veículo roubado da ARCTEST estava em uma rua paralela à Avenida Brasil, na cidade do Rio de Janeiro. Técnicos da CNEN estiveram no local, constataram que o equipamento de gamagrafia não havia sido violado e descartaram a possibilidade de vazamento de radiação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário