sexta-feira, 25 de maio de 2012

Política de segurança em radioterapia

Os acidentes, quando ocorrem, na maioria das vezes, não são causados isoladamente por uma pessoa, mas por uma série de eventos que caracterizam uma falha no processo, ou seja, na implementação e avaliação de um programa de garantia da qualidade.

Na área da radioterapia, um programa de garantia da qualidade muitas vezes é equivocadamente entendido, simplesmente, como necessário às atividades de dosimetria. Talvez este fato seja induzido pelas exigências dos órgãos reguladores não serem mais explícitas nesta área.

Um programa de garantia da qualidade envolve todos os profissionais que participam das diversas etapas do processo associado a uma atividade específica, como a radioterapia, por exemplo. A documentação dos processos, o treinamento consistente e periódico do staff, a atribuição de responsabilidades, o registro e análise de ocorrências, a determinação dos ajustes necessários, a análise de risco do processo e, finalmente, as auditorias, representam uma boa parte do escopo de um programa de garantia de qualidade básico.

Para continuar lendo este artigo, clique aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário