quinta-feira, 9 de agosto de 2012

SP ganha centro de medicina nuclear de padrão internacional

O governador Geraldo Alckmin entregou em maio deste ano (2012), as novas instalações do Serviço de Medicina Nuclear do Instituto de Radiologia (InRad-HCFMUSP) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, unidade da rede pública estadual e maior complexo hospitalar da América Latina.

Essas novas instalações possibilitarão avanços para realização de um diagnóstico mais rápido e um tratamento mais eficaz, além de ser mais humanitário e menos invasivo, afirmou o governador durante o evento.
Com um investimento de R$ 6,5 milhões do Governo do Estado, foram feitas obras de reforma nas áreas assistenciais, administrativas e de ensino e pesquisa. Os novos espaços permitirão atendimento mais integrado, com conforto e agilidade para pacientes, médicos e funcionários. No segundo pavimento foi criado um dos mais modernos centros de pesquisa em imagem molecular do Brasil, composto por oito laboratórios e um biotério para armazenamento de pequenos animais.
Esta área está equipada com um novo e moderno equipamento MICRO-PET-SPECT-CT multiusuário (Projeto FINEP), para pesquisas pré-clínicas em pequenos animais, em especial ratos e camundongos. Este equipamento, junto com os laboratórios de apoio, somados ao Cíclotron (instalado no subsolo) e ao PET-CT (instalado no térreo), com as respectivas áreas de suporte, transformam o Serviço de Medicina Nuclear do InRad-HCFMUSP num centro de excelência em Medicina Nuclear e imagem molecular, nivelado aos maiores centros internacionais.
Com este novo Centro de Pesquisa, será possível, por exemplo, acompanhar os tumores em animais de laboratórios e efeitos de tratamentos experimentais em nível molecular, avaliando assim o potencial terapêutico de novas drogas em tempo real. A geração de conhecimentos neste campo permitirá trazer contribuições não apenas nas áreas de oncologia, como também em outras especialidades como a cardiologia e neuropsiquiatria.
Este novo espaço representa um importante avanço na área de pesquisa, além da garantia de melhor atendimento aos pacientes, graças à reforma nas áreas assistenciais. As pesquisas em áreas como oncologia e cardiologia são fundamentais para a saúde da população, afirma Giovanni Guido Cerri, secretário de Estado da Saúde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário