terça-feira, 18 de setembro de 2012

Primeiro reator nuclear multipropósito brasileiro em SP


São Paulo – O governo do estado de São Paulo anunciou dia 31 a desapropriação de um terreno em Iperó (SP) para a construção do primeiro reator nuclear multipropósito brasileiro. O equipamento é fundamental para a produção brasileira de radiofármacos. No país, esses tipos de substâncias são usadas no atendimento de 10 mil pacientes por dia.
“A maior causa de mortes é coração e câncer. Se a gente for verificar na cardiologia, na oncologia e nefrologia essas substâncias são essenciais na medicina nuclear, seja no diagnóstico, seja na terapia. Os avanços da vida dependem muito dos avanços da ciência nessa área”, disse o governador Geraldo Alckmin após anunciar a desapropriação do terreno, em cerimônia de comemoração dos 56 anos do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN).
Além do reator, será construído no local um novo laboratório que poderá ser utilizado pela sociedade acadêmica e por empresas interessadas. “O laboratório multipropósito vai ser usado por todos, comunidade científica, comunidade industrial. Já obtivemos licenciamento do Ibama [Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis] para a área e o prefeito já declarou de utilidade pública”, declarou o ministro de Ciência e Tecnologia e Inovação, Marco Antônio Raupp.
Segundo o Instituto de Física de São Carlos, da Universidade de São Paulo, o reator poderá ter aplicações também em áreas como agricultura, energia, ciência dos materiais e meio ambiente.
Bruno Bocchini
Repórter da Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário