quarta-feira, 28 de março de 2012

Características físicas das imagens de Medicina Nuclear

O Blog Tudo sobre imagens médicas (link) publicou recentemente uma matéria bastante interessante sobre as "Características físicas de imagens em medicina nuclear". A origem da página é do Dr. Stephen C Moore - Havard Medical School, e faz menção a algumas questões que permeiam as imagens em medicina nuclear. Excelente e muito interessante o post do Paulo.

fonte: Tudo sobre imagens médicas

 

diagram

Physical Characteristics of Nuclear Medicine Images

Stephen C Moore, PhD

This lesson discusses the following image properties:

 I. Image Quality (or Clarity)

II. Unsharpness, Resolution
A. resolving power
B. point-spread function
C. line-spread function
D. edge-response function
E. modulation transfer function
F. factors degrading spatial resolution
III. Contrast
A. subject contrast
B. displayed contrast
C. dynamic range (latitude)
D. factors degrading contrast
IV. Noise
V. Artifacts (Attenuation)
VI. Conclusions
Each section describes the principal physical factors which influence these image descriptors. The effects considered are limited to nuclear medicine imaging.

Adiada submissão de trabalhos para XVII CONGRESSO BRASILEIRO DE FÍSICA MÉDICA | ABFM

Foi adiada para 16/04/2012 a  submissão de trabalhos para o XVII CONGRESSO BRASILEIRO DE FÍSICA MÉDICA.




O congresso será realizado pela Associação Brasileira de Física Médica entre 8 e 11 de agosto de 2012 no Centro de Convenções do Bahia Othon Palace Hotel em Salvador, Bahia.

Estima-se a participação de 700 profissionais oriundos dos mais diferentes estados brasileiros, entre físicos médicos, pesquisadores, aprimorandos, estudantes, biomédicos, tecnólogos e outros profissionais da saúde.

As inscrições ocorrem pela internet até dia 01/08/2012. Maiores informações: http://www.abfm.org.br/xviicbfm/

terça-feira, 27 de março de 2012

Dispositivo invisível a campos magnéticos

Artigo interessante quem mexe com campos magneticos altos que saiu na folha:

23/03/2012 - 11h53

Pesquisadores criam dispositivo invisível a campos magnéticos

DA FRANCE PRESSE
Pesquisadores europeus anunciaram a criação de um dispositivo invisível a campos magnéticos estáticos, o que pode ter aplicações práticas na área militar e médica.
Esse avanço consiste na criação de campos magnéticos estáticos gerados por um imã permanente ou por uma bobina atravessada por uma corrente elétrica contínua.

Efe
Os campos magnéticos não conseguem "ver" o que há dentro do cilindro, como mostra ilustração
Os campos magnéticos não conseguem "ver" o que há dentro do cilindro, como mostra ilustração
Os campos eletromagnéticos já são utilizados em imagens médicas de ressonância magnética e em muitos sistemas de segurança, como os dos aeroportos.
O dispositivo inventado por Fedor Gomory e colegas da Eslováquia e da Espanha, descrito em uma pesquisa divulgada na edição desta sexta-feira da revista científica "Science", fala de um cilindro com duas camadas concêntricas.
Enquanto a camada interna é feita de um material supercondutor que repele os campos magnéticos, a camada externa é composta por um material ferromagnético que os atrai.
Situado no campo magnético, o cilindro não o perturba e não mostra sombra, nem reflexo.
Portanto, um objeto situado em seu interior não pode ser detectado magneticamente e fica "insensível" ao campo magnético no qual se encontra, explica o co-autor do estudo, Alvaro Sánchez, da Universidade Autônoma de Barcelona, que utiliza o termo "invisibilidade".
"Há muitas aplicações, para carros, barcos ou submarinos", afirma. Sánchez explica que o dispositivo pode ser utilizado para pacientes com marcapasso, sensível às ondas eletromagnéticas, e que precisem de uma imagem de ressonância magnética de um joelho ou de outra parte do corpo, de forma que o resultado não seja distorcido.
Como é fabricado com materiais comercialmente disponíveis e opera sob campos magnéticos relativamente fortes e temperaturas relativamente quentes, o dispositivo pode ser posto em funcionamento facilmente, explicam os autores.
"Para o submarino, é possível fazer uma camada ao redor do mesmo que o converteria em indetectável magneticamente", disse Sánchez.
"Também poderia ser utilizado para proteger os equipamentos (militares e médicos) contra alterações eletromagnéticas", acrescentou.

terça-feira, 20 de março de 2012

IRPA 13



O 13º IRPA (International Congress of the International Radiation Protection Association), um dos maiores, senão o maior congresso de proteção radiológica do mundo, acontecerá em Glasgow, na Escócia, entre 13 e 18 de maio de 2012.

Fonte: www.irpa13glasgow.com

segunda-feira, 19 de março de 2012

World Congress - Medical Physics and Biomedical Engineering 2012

banner 

 
Dear colleagues,
It is our great honor to invite you to participate in the World Congress on Medical Physics and Biomedical Engineering in Beijing, China from May 26 to 31, 2012. This is a triennial congress of the International Union of Physical and Engineering Sciences in Medicine (IUPESM), which is the peak organisation for the International Federation for Medical and Biological Engineering (IFMBE) and the International Organisation for Medical Physics (IOMP).
Promoting Human Health is an everlasting and dynamic topic that is driven by the change of disease spectrum, economic and social development and personalized health management. The progress on medical physics and biomedical engineering provided a powerful backup to realization of personalized medicine and translational medicine based on trans-disciplinary and inter-disciplinary collaboration as well as information sharing. The triennial World Congress may function as a platform for these activities
During the World Congress 2012, the participants will share the latest information on global health challenges, advanced technologies and innovative applications. It will be a window to show participants the up-to-date picture of research, education development and industrial contribution in the field of medical physics and biomedical engineering. Beijing has hundreds year history as the capital of China and is the key city with academic and economic functions. She is also a hub of international/domestic traffic communication. I am sure that you may have a wonderful experience of visiting this city during the Congress.
We look forward to meeting you in Beijing, 2012.
Chairs
Depei Liu, Ph.D
Congress President
Yubo Fan
Congress Co-chair
Yimin Hu
Congress Co-chair

The Physical Principles of Medical Imaging, 2nd Ed. - Versão online

The web-based edition of 
 The Physical Principles of Medical Imaging, 2nd Ed.
Perry Sprawls, Ph.D.
This is a companion textbook to
Physical Principles of Medical Imaging Online, Resources for Learning and Teaching
 
http://www.sprawls.org/resources

terça-feira, 13 de março de 2012

FSL & FREESURFER COURSE

 


This program has been endorsed by .

intro     registration     accommodation & location     reading     faculty     timetable     contact




Learn the theory and practice of functional and structural brain image analysis

We are pleased to announce the 2012 FSL & FreeSurfer Course, to be held in Auckland, New Zealand (May 14-18). It will run immediately after the ISMRM conference, which will be in Melbourne, Australia.
The intensive course covers both the theory and practice of functional and structural brain image analysis. Background concepts and the practicalities of analyses are taught in detailed lectures; these are interleaved with hands-on practical sessions where attendees learn how to carry out analysis for themselves on real data, with one computer provided for every two attendees. After completing the course, attendees should be able to analyse their own FMRI and MRI data sets.
The course is aimed at both new and existing users of these packages and will cover both basic and advanced features. The methods covered include
  • Functional MRI:
    • GLM analysis, including Bayesian multi-subject statistics (FSL - FEAT)
    • ICA Model-free analysis, RSNs, functional connectivity (FSL - MELODIC & dual-regression)
  • Structural MRI:
    • Image registration and unwarping (FSL - FLIRT/FNIRT/FUGUE & FreeSurfer - BBR)
    • Brain extraction and tissue-type segmentation (FSL - BET/FAST)
    • Structural spatial statistical analysis e.g. atrophy (FSL - SIENA/FSL-VBM)
    • Automatic subcortical segmentation / alignment (FreeSurfer - ASEG & FSL - FIRST)
  • Diffusion MRI:
    • Probabilistic diffusion modelling and tractography, including crossing-fibres (FSL - FDT)
    • Voxelwise multi-subject analysis (FSL - TBSS)
  • Cortical modelling and its applications (FreeSurfer):
    • Cortical flattening for improved FMRI analysis, including inter-subject averaging
    • Cortical labelling
    • Group studies of cortical morphometry; thickness, folding, surface area, volume
All lectures and printed material will be in English.



Registration

Registration (in UK pounds) is £550 for PhD/MSc students, £900 for postdocs and other non-student attendees, and £2000 for commercial attendees. Course registration includes lectures, computer practical sessions, coffee/tea breaks and a printed copy of the lecture slides. All course materials (lecture slide PDFs, practical instructions and practical datasets) will be available online after the course.
The registration fee does not include accommodation (see below), or lunches; there are plenty of local restaurants and cafés where course attendeees will be able to get lunch.
We are only able to take payment by credit card. To register and pay, visit the on-line registration page. Please note that your registration is not complete until you have finalised the payment (going to the shopping basket and then to checkout and payment).



Accommodation & Location Information

The course will take place in the centrally located Rydges Hotel, Auckland, New Zealand.
You will need to organise your own accommodation for the course.
A special rate at the Rydges Hotel has been arranged at NZ$119 per room per night for the week (normally NZ$142). Book online or use the code R-UOX130512 for email/phone bookings. Alternatively, there are many other hotels in central Auckland.
If you would like to try to arrange to share accommodation with another attendee, you can enter your contact information on our publicly-viewable wiki page.
For flights, ISMRM attendees should be able to have either Auckland or Melbourne as a stopover in a single return trip.



Preparatory Reading - Important

People with no previous experience of UNIX would benefit greatly from spending a few hours, before coming, working through at least the first 5 sections of A Basic UNIX Tutorial.
People with no background in FMRI experimentation and analysis would probably benefit from reading Chapters 1,9-16 from Functional MRI: An Introduction to Methods (or order at Amazon UK / USA).



Faculty

Local organisers     Joanne Lin, Laura Fogg, Reem Jan, Bruce Russell, Nick Gant; University of Auckland
Speakers
FMRIB, Oxford: Jesper Andersson, Mark Jenkinson, Saad Jbabdi, Karla Miller, Steve Smith
Donders Institute, Nijmegen: Christian Beckmann
MGH, Boston: Lilla Zollei, Allison Stevens, Nick Schmansky
Tutors     (in addition to the Speakers)
FMRIB, Oxford: Duncan Mortimer, Emma Robinson



Timetable: May 2012

Please note that there may be some minor changes to the timetable and faculty.

14
Monday
15
Tuesday
16
Wednesday
17
Thursday
18
Friday
8:30Course Registration


9:00-10:30
main lectures
Intro to Imaging, Overview of FSL, Brain-extraction (BET)
MJ
FMRI 1 - Preprocessing & Simple Stats
(FEAT)
MJ/JA
FMRI 3 - Advanced FMRI Analysis
(FEAT)
MJ/JA
ICA - Exploratory FMRI Analysis
(MELODIC)
CB
FreeSurfer
LZ/AS/NS
10:30-11:00 Tea & Coffee
11:00-12:30 Practical session
12:30-2:00 Lunch
2:00-3:30
main lectures
Registration & Unwarping
(FLIRT, FNIRT & FUGUE)
MJ
FMRI 2 - Permutation Testing & Multi-Subject Stats
(Randomise & FEAT)
JA/CB
Structural Segmentation
(FAST, FIRST, SIENA, FSL-VBM)
MJ
Diffusion MRI Analysis
(FDT & TBSS)
SJ/SS
FreeSurfer 2
LZ/AS
3:30-4:00 Tea & Coffee
4:00-5:30 Practical session
5:30-6:15
evening lectures
Intro to MRI acquisition
KM
Mapping the connectome with resting FMRI and DTI
TBC
Intro to DTI acquisition
KM
Intro to FreeSurfer
LZ
FSL & FreeSurfer Future Work
LZ/MJ
6:30-8:00 Drinks & nibbles reception




Contact Details

If you have any queries about the course, please email fslcourse@fmrib.ox.ac.uk
 

fonte: Universidade de Oxford

sexta-feira, 9 de março de 2012

Biblioteca Digital Memória da CNEN: acesso livre na Internet

A Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) desenvolveu e disponibilizou na internet a “Biblioteca Digital Memória da CNEN”, que reúne a literatura produzida por seus servidores, tanto na área nuclear como fora dela, com foco na preservação do conhecimento institucional. A Biblioteca abrange todos os tipos de documentos produzidos desde a década de 50, como artigos de periódicos e conferências, teses e dissertações, relatórios e normas técnicas. O mecanismo de busca de conteúdo do site permite ao internauta encontrar textos de autores ou assuntos específicos.

O site começou a ser produzido há alguns anos e vem sendo continuamente ampliado e aprimorado. Inicialmente, foi disponibilizado apenas internamente para permitir ajustes necessários. Nesta semana, foi liberado para acesso público no endereço http://memoria.cnen.gov.br. Além das publicações dos servidores, há várias outras informações disponibilizadas. Entre elas, uma cronologia dos principais acontecimentos da energia nuclear, no Brasil e no mundo, o que permite situar a instituição, seu desenvolvimento e suas atividades no contexto histórico.

O site inclui ainda a legislação do setor nuclear. Leis, decretos, portarias, normas, outros atos legais e demais documentos podem ser pesquisados em sistema de busca próprio. A legislação está classificada por ano de publicação, número do ato legal, assunto, entre outros critérios.

Uma área destinada a informações organizacionais da CNEN traz o perfil da instituição e de suas principais unidades. Os presidentes, tanto o atual, como os que o antecederam, são apresentados com fotografia e breve currículo. Relatórios anuais com informações detalhadas das atividades desenvolvidas estão publicados, abrangendo desde a criação da CNEN, em 1956, até o ano de 2010. Também estão relacionados os diferentes órgãos do Governo Federal aos quais a CNEN já esteve subordinada e as composições de sua Comissão Deliberativa ao longo dos anos.

A Biblioteca, além de contribuir para a preservação do conhecimento institucional, tem também importância para a história da Ciência e Tecnologia do País, na medida em que documenta parte relevante do desenvolvimento da energia nuclear no Brasil.

Pílula para "descontaminação (interna)" da radiação


Cientistas de Berkeley  estão prestes a iniciar ensaios clínicos de uma pílula que pode descontaminar as pessoas após a exposição à radiação. Atualmente, há apenas um agente químico disponível que pode fazer issoum composto conhecido como DTPA. Dependendo do nível de exposição à radiação e o momento de início do tratamento, apenas um destes comprimidos poderia eliminar cerca de 90% dos contaminantes actinídeos dentro de 24 horasA pílula tomada diariamente durante duas semanas deve eliminar praticamente todos eles.
"Com a crescente utilização da energia nuclear ea possibilidadeinfeliz de uso de arma nuclear, há uma necessidade urgente de desenvolver e implementar uma terapia melhor para a contaminação dos actinídeos de uma grande população", diz Rebecca Abergel do Berkeley Lab""Estamos agora no processo de demonstrar que os nossos agentes descontaminantes estão prontos para o desenvolvimento clínico."fonte:Single pill for radiation decontamination

quinta-feira, 8 de março de 2012

PET PROS - Traduzido para o português


 

PET PROS in Portuguese

UFMG inaugura Centro de Magneto-Ressonância

Será inaugurado, nesta sexta-feira, 02 de março, às 14h, na Escola de Engenharia da UFMG, o Centro de Tecnologia e Pesquisa em Magneto-Ressonância (CTPMAG), primeiro do Brasil a possuir um scanner de magneto-ressonância de 4,7 Teslas (iMR4,7), um dos mais potentes equipamentos de magneto-ressonância em funcionamento na América Latina.

Dedicado ao uso em animais de pequeno porte o scanner propicia a obtenção de imagens estruturais de altíssima resolução; bem como o registro dinâmico e funcional de processos que ocorram em poucos segundos, através de imagens de menor resolução. Uma das inovações trazidas pelo CTPMAG é a possibilidade de realizar estudos in-vivo com pequenos animais, por meio de imagens não invasivas.
Segundo o professor do Instituto de Ciências Biológicas Márcio Moraes, animais anestesiados podem ser submetidos ao aparelho de iMR4,7, no intuito de monitorar suas condições fisiológicas sem que, com isso, sofram consequências maiores para sua saúde. “É possível, por exemplo, visualizar o que acontece no cérebro dos animais sem injetar contraste”, explica.
Além disso, o CTPMAG proporciona a obtenção de imagens de minerais, envelhecimento de blocos de concreto, tensão superficial em fluidos, interação entre materiais, estudo de soluções e suspenções, aderência do petróleo em rochas, entre outros vários usos.

Parceria
A criação do CTPMAG é fruto da parceria entre pesquisadores da UFMG e do Neuroimaging Research Group, do King’s College London, que culminou na doação do aparelho de iMR4,7 à UFMG.

O Centro reúne pesquisadores de diversos departamentos acadêmicos da universidade e a utilização do scanner pode atender a demanda de diversas áreas do conhecimento, como Medicina, Biologia, Geologia, Engenharia, Física e Química.
Mediante contrato para desenvolvimento de projetos, o CTPMAG poderá ser utilizado por alunos e pesquisadores vinculados à UFMG, a Instituições de Ensino e de Pesquisa de todo o Brasil, ou por profissionais e pesquisadores de empresas públicas e privadas.
(Assessoria de Imprensa da UFMG)

matéria sugerida por: Polyanna D. S. Aguiar - Aluna do Curso de Tecnólogos - UFMG