sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Concurso para Prof. Dr. na área de radioterapia


FACULDADE DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS DE RIBEIRÃO PRETO
EDITAL ATAc 016/2012
CONCURSO DE PROFESSOR DOUTOR ABERTURA DE INSCRIÇÕES AO CONCURSO DE TÍTULOS E PROVAS VISANDO O PROVIMENTO DE 01 (UM) CARGO/CLARO DE PROFESSOR DOUTOR, JUNTO AO DEPARTAMENTO DE FÍSICA DA FACULDADE DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS DE RIBEIRÃO PRETO DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. 
O Diretor da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo torna público a todos os interessados que, de acordo com o decidido pela Congregação em sessão ordinária realizada em 09 de agosto de 2012, estarão abertas, de 15 de agosto de 2012 a 12 de novembro de 2012, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h30, de segunda a sexta-feira, nos dias úteis, as inscrições ao concurso público de títulos e provas para provimento de 01 (um) cargo/ claro de Professor Doutor, n.º 1092057, em RDIDP, na referência MS-3, no Departamento de Física, com salário de R$ 8.715,12, na Área de Conhecimento em Radioterapia, nos termos do artigo 125, parágrafo 1.º, do Regimento Geral da USP, e o respectivo programa que segue:
1. Feixes e fontes de radiação utilizadas em Radioterapia: produção e características radiométricas, dosimétricas e clínicas. 
2. Dosimetria clínica de referência: fundamentos, protocolos, instrumentação e incertezas – teleterapia e braquiterapia. 
3. Parâmetros físicos em Radioterapia: fundamentos e utilização clínica em teleterapia e braquiterapia – feixes de fótons e partículas.
4. Planejamento radioterápico: radioterapia convencional e conformacional 3D, IMRT, braquiterapia, algoritomos de planejamento – feixes de fótons e partículas.
5. Cálculos de doses: algoritmos de planejamento – feixes de fótons e partículas em teleterapia e braquiterapia. 
6. Protocolos de tratamento: radioterapia convencional e conformacional 3D, IMRT, braquiterapia, TBI.
7. Dosimetria clínica: dosímetros, verificação de doses, dosimetria in vivo.
8. Novas técnicas radioterápicas: conformacional 3D, IMRT, SRT, BGRT, IGRT, gating.
9. Controle de qualidade: unidades de terapia, procedimentos de tratamento e sistemas de planejamento.
10. Proteção Radiológica: normas, procedimentos, plano de radioproteção.
11. Bases biológicas de tratamentos radioterápicos: radiobiologia, parâmetros de radiosensibilidade de tecidos, radiosensibilizadores e radioprotetores, dose biologicamente efetiva, dose efetiva uniforme.
O concurso será regido pelo disposto no Estatuto e no Regimento Geral da Universidade de São Paulo, no Regimento da Faculdade e demais disposições pertinentes. 
1. As inscrições serão feitas no campus da USP, à Avenida Bandeirantes, 3.900 – Monte Alegre – Ribeirão Preto-SP, na Assistência Técnica Acadêmica da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto, Rua da Filosofia, devendo o candidato apresentar requerimento dirigido ao Diretor da Faculdade, contendo dados pessoais e Área de Conhecimento (especialidade) do Departamento a que concorre, cujo modelo encontra-se disponível na página virtual da Faculdade (www.ffclrp.usp.br/concursos), acompanhado dos seguintes documentos:
I - memorial circunstanciado em 10 cópias impressas, no qual sejam comprovados os trabalhos publicados, as atividades realizadas pertinentes ao concurso e as demais informações que permitam avaliação de seus méritos. A documentação comprobatória do memorial, em uma única via, deve estar acondicionada de forma a compor um ou mais volumes onde, em cada documento, deverá constar a numeração correspon-dente à atividade enumerada no memorial. Essa documentação permanecerá depositada na Assistência Técnica Acadêmica da Faculdade, por 60 (sessenta) dias, a contar da nomeação do candidato indicado por publicação no Diário Oficial do Estado.  Findo o prazo acima, e não havendo manifestação por parte dos inscritos para retirada da respectiva documentação, a mesma será descartada para reciclagem. Os candidatos deverão possuir uma outra cópia do material que entregarem na inscrição, para seu uso durante o concurso.
II - apresentação de dez exemplares impressos de um projeto de pesquisa, de acordo com a área de conhecimento deste edital;
III - prova de que é portador do título de Doutor, outorgado pela USP, por ela reconhecido ou de validade nacional;
IV - prova de quitação com o serviço militar para candidatos do sexo masculino;
V - título de eleitor e comprovante de votação da última eleição ou prova de pagamento da respectiva multa ou a devida justificativa.
Parágrafo 1.º: Os docentes em exercício na USP serão dispensados das exigências referidas nos incisos IV e V, desde que as tenham cumprido por ocasião de seu contrato inicial. 
Parágrafo 2.º: Os candidatos estrangeiros serão dispensados das exigências dos incisos IV e V, devendo apresentar cópia de visto temporário ou permanente, que faculte o exercício de atividade remunerada no Brasil.
2. As inscrições serão julgadas pela Congregação, em seu aspecto formal, publicando-se a decisão em edital no Diário Oficial do Estado.
Parágrafo único: O concurso deverá realizar-se no prazo de 30 a 120 dias, após a publicação no D.O.E. da aceitação das inscrições.
As provas deste concurso serão realizadas em duas fases, sendo a primeira eliminatória, constituída por uma prova escrita. 
Parágrafo 1.º: O candidato que obtiver na prova escrita nota menor que 7,0 (sete) da maioria dos membros da Comissão Julgadora estará eliminado do concurso.
Parágrafo 2.º: A Comissão Julgadora apresentará, em sessão pública, as notas recebidas pelos candidatos na prova escrita eliminatória.
3. A prova escrita versará sobre o programa da Área de Conhecimento acima mencionada e será realizada de acordo com o disposto no art. 139 e seu parágrafo único, do Regimento Geral da USP.
I – A Comissão organizará uma lista de dez pontos, com base no programa de concurso e dela dará conhecimento aos candidatos, vinte quatro horas antes do sorteio do ponto;
II – Sorteado o ponto, inicia-se o prazo improrrogável de cinco horas de duração da prova;
III – Durante sessenta minutos, após o sorteio, será permitida a consulta a livros, periódicos e outros documentos bibliográficos;
IV – As anotações efetuadas durante o período de consulta poderão ser utilizadas no decorrer da prova, devendo ser feitas em papel rubricado pela comissão e anexadas ao texto final;
V – A prova, que será lida em sessão pública pelo candidato, deverá ser reproduzida em cópias que serão entregues aos membros da comissão julgadora ao se abrir a sessão;
VI – Cada prova será avaliada pelos membros da comissão julgadora individualmente.
Parágrafo único: O candidato poderá propor a substituição dos pontos, imediatamente após tomar conhecimento de seus enunciados, se entender que não pertencem ao programa do concurso, cabendo à comissão julgadora decidir, de plano, sobre a procedência da alegação.
4. Os candidatos aprovados na prova escrita farão a segunda fase do concurso, que será constituída por:
I - julgamento do memorial com prova pública de arguição (peso 5);
II - prova didática (peso 3).
Parágrafo único: A nota obtida pelo candidato aprovado na prova escrita irá compor a média final da segunda fase (com peso 2).
5. O julgamento do memorial, expresso mediante nota global, incluindo arguição e avaliação, deverá refletir o mérito do candidato e será feito segundo o disposto no artigo 136 do Regimento Geral. No julgamento do memorial, a Comissão apreciará: produção científica, literária, filosófica ou artística; atividade didática universitária; atividades relacionadas à prestação de serviços à comunidade; atividades profissionais, ou outras, quando for o caso; diplomas e outras dignidades universitárias. 
6. A prova didática será pública, com a duração mínima de 40 e máxima de 60 minutos, e versará sobre o programa deste edital, nos termos do artigo 137 do Regimento Geral da USP. 
Parágrafo 1.º: O sorteio do ponto será feito 24 horas antes da realização da prova didática.
Parágrafo 2.º: O candidato poderá utilizar o material didático que julgar necessário, de acordo com a infraestrutura disponível na Faculdade.
Parágrafo 3.º: Se o número de candidatos o exigir, eles serão divididos em grupos de no máximo três, observada a ordem de inscrição, para fins de sorteio e realização da prova. 
Parágrafo 4.º: O candidato poderá propor substituição dos pontos, imediatamente após tomar conhecimento de seus enunciados, se entender que não pertencem ao programa do concurso, cabendo à comissão julgadora decidir, de plano, sobre a procedência da alegação.
7. O ingresso do docente em RDIDP (Regime de Dedicação Integral à Docência e à Pesquisa) é condicionado à aprovação da CERT (Comissão Especial de Regimes de Trabalho), na forma da Resolução 3.533-89 e demais disposições regimentais aplicáveis.  Após o ingresso, o docente deverá: I) ministrar disciplinas nos períodos diurno e noturno sob a responsabilidade do Departamento de Física; II) atuar junto aos alunos de graduação em Física Médica, sendo um dos supervisores internos dos estágios obrigatórios na área de Radioterapia, desenvolvendo colaboração com hospitais e centros de tratamento, de acordo com indicação do Conselho Departamental.
8. Mais informações, bem como as normas pertinentes ao concurso, encontram-se à disposição dos interessados na Assistência Técnica Acadêmica da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto, no endereço acima citado, ou pelo e-mail: adm-atac@ffclrp.usp.br. (12.1.1333.59.7)
Este texto não substitui o publicado no D.O.E. de 14.08.2012.

Para consultar o edital acesse
 www.imesp.com.br

/msa

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Inscrições prorrogadas - Curso PET/CT e SPECT/CT para Tecnólogos no Brasil


Curso PET/CT e SPECT/CT para Tecnólogos no Brasil 


São Paulo
As inscrições foram prorrogadas até 31 de agosto de 2012 do Curso Regional de Capacitação em Modalidades Híbridas SPECT/CT e PET/CT para Tecnólogos, promovido pela Agência Internacional de Energia Atômica (IAEA), com organização do Dr. José Soares Junior (InCor-HCFMUSP) e com a colaboração do ICESP e Inrad (HCFMUSP). Esse curso é parte do Projeto de Cooperação Técnica RLA/6/063 (ARCAL CIX) “Mejoras en el tratamiento de los pacientes con enfermedades cardíacas y cáncer mediante el fortalecimiento de las técnicas de medicina nuclear en la región de América Latina y el Caribe”. O curso, realizado entre 10 e 14 de dezembro, em São Paulo (SP), terá programação teórica e sessões práticas, sendo estas realizadas no Serviço de Medicina Nuclear e Imagem Molecular do InCor-HCFMUSP, Departamento de Medicina Nuclear do ICESP e CMN (Inrad-HCFMUSP). O curso está aberto para tecnólogos, técnicos em Radiologia ou biomédicos, que trabalhem em centros de Medicina Nuclear com modalidades híbridas PET/CT e/ou SPECT /CT, ou com projetos para adquiri-las em curto e médio prazo. É aconselhável que os candidatos tenham pelo menos 3 anos de experiência em Medicina Nuclear. Profissionais jovens não envolvidos previamente em atividades de capacitação da IAEA têm preferência. Os candidatos devem ser bons comunicadores e comprometer-se a difundir os conhecimentos adquiridos neste curso em seu país. As inscrições devem ser feitas na plataforma  INTOUCH da IAEA:http://intouch.iaea.org.

fonte: Notícias SBMN

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Manual Radiodiagnóstico Médico: Segurança e Desempenho de Equipamentos



Esse Manual de 2005 publicado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária(Anvisa) tem como intuito levar aos profissionais da área, instrumentos práticos para o desenvolvimento de ações seguras, demonstrando passo a passo o controle de qualidade e a periodicidade dos procedimentos de desempenho de equipamentos e segurança.

Link para Download: http://www.cns.org.br/manual_radio.zip