quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Programação completa Workshop ISMRM durante a JPR São Paulo nos dias 2.5 e 3.5.2012





Caros Colegas,

abaixo segue agora a programação completa do curso de ressonância magnética que ocorrera durante a Jornada Paulista de Radiologia, nos dias 2.5 e 3.5.2012 em Sao Paulo. Lembro que temos uma grande oportunidade de assistir aulas de um dos pioneiros em RM e inventor de seqüencias fast/turbo spin eco, Juergen Hennig.
 Espero que nos encontremos por la.

Abs,
Thomas




Por que os aparelhos de ressonância magnética fazem tanto barulho?!?!?!?

Se você é um físico médico que trabalha com ressonância magnética, você já deve ter ouvido esta pergunta. Provavelmente em algum momento você fez esta pergunta a alguém. O fato é que para quem não conhece o funcionamento do equipamento, este barulho é realmente intrigante (e pode ser irritante!).

Fato é que os equipamento de ressonância trabalham com pelo menos 3 bobinas de gradientes acopladas ao magneto. Falando de uma maneira simplista, estas bobinas nada mais são que fios enrolados por onde passam correntes que variam com o tempo. Se você é físico, a ligação é direta: temos um campo magnético gerado por estas correntes que variam no tempo; variação de campo magnético gera campo elétrico, este que também irá variar no tempo. No meio desta bagunça de variação de campo elétrico e magnético, as correntes da bobinas irão experimentar diferentes forças de Lorentz, e vão começar a vibrar; pronto ai está o ruído acústica da MR.

O interessante é que o barulho vai depender também da construção do seu gradiente, não somente do slew rate que você está utilizando. O seu gradiente possui seus modos normais de ressonância mecânica, e se seus gradientes vibrarem nestas determinadas ressonâncias, além da chance de seu gradiente quebrar mais rápido ser maior, ele produzirá mais ruído. Em uma abordagem mais matemática, sound pressure level do pode ser calculado se você souber a função de transferência (transfer function) que correlaciona as frequências mecânicas do seu gradiente com ruído gerado quando ele vibra nestas frequências.

A partir dai fica claro o porque que diferentes sequências produzem diferentes ruídos. Com este princípio você já pode dizer porque a sequência EPI é tão barulhenta, e porque um sequência de espectroscopia  por exemplo é tão silenciosa.

Abaixo seguem dois vídeos muito bons que mostram uma maneira criativa de brincar com os sons da ressonância magnética:

1- Smoke on the water

2- Beethovens ninth symphony a la MRI.



VIII Simpósio de PET/CT em Oncologia e V Simpósio de SPECT/CT em Oncologia

Maiores informações e inscrições no site 




quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

CASO 14 : SCAN MDP


Caso 14 : Scan MDP

Vamos tentar tornar a discussão mais realista. Vocês serão os responsáveis pela Med Nuclear e eu farei o papel da equipe de suporte (tecnólogo, enfermeiro, físico, radiofarmacêutico, engenheiro responsável pela manutenção, etc...). Como na vida real, dado um problema, vocês questionarão os diversos membros da equipe (exemplo: tecnólogo, com que colimador essa aquisição...) e com as respostas tentarão fechar o diagnóstico.

Você foi chamado pelo tecnólogo que lhe mostrou a imagem abaixo:

Dr(a). temos um problema ?

 Abraços

 Sergio Brunetto

 PS: Para acessar os casos anteriores utilize a TAG "Ensino"

Caso 13 : RIT Diagnóstica

 
O paciente Z foi submetido ao protocolo usual para verificação de resto tireoidiano. Porém, diferente do usual, as aquisições apresentaram ruído muito acima do esperado nessa situação. Qual o problema com o paciente Z ?


SOLUÇÃO :

O caso acima foi solucionado pelo Dr. Carlos Henrique Pacini Vieira Cerqueira. Abaixo a solução:

Esse paciente me chamou muito atenção pela baixa estatística da imagem. Mostrei ao professor Sérgio e começamos a pensar sobre possíveis justificativas. Primeiramente pensamos numa provável baixa dose administrada. Pensamos que talvez a dose tivesse sido menos que a preconizada para a PCI-131I de 5 mCi. Checamos a dose, o rejeito após administração e estava tudo como de costume. Pensamos em algum probema na aquisição que também foi descartado. Por fim lembrei me um dado clínico muito específico desse paciente, ele havia tido melena que se seguiu a administração do radiofármaco. A alternativa mais provável após verificação de todos os dados foi que a baixa estatística observada se deu por menor dose do radiofármaco absorvida pelo paciente por um provável aumento de transito intestinal e patologia gástrica prévia já diagnosticada. O paciente já tinha história de melena mas há alguns anos não mais a apresentava. De algum modo a dose de Iodeto-131I irritou a parede gástrica, o q pode ter provocado sangramento alto com aumento do transito intestinal. Resultado, mais iodeto eliminado, menos iodo efetivamente absorvido e baixa estatísca no exame. Lógico que sem esse dado seria difícil alguém descobrir o que aconteceu, mas, como todos os casos postado pedo Professor Sérgio, este caso teve por finalidade tentar discutir de maneira global as principais hipóteses diagnosticas relacionadas. Obrigado aos participantes! Abraço!

Carlos, Obrigado pela participação.... Grande abraço.....


 Abraços
 Sergio Brunetto
 PS: Para acessar os casos anteriores utilize a TAG "Ensino" 

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

JPR 2013




Irá ocorrer em São Paulo de 3 a 5 de maio de 2013 a 43ª Jornada Paulista de Radiologia. Inscrições com desconto até 28/02. Programação para físicos divulgada pela ABFM no link. Maiores informações no site.

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Caso 12 : SOLUÇÃO


O artefato é resultado de um problema de truncamento. Resposta detalhada na  imagem abaixo.



Abraços

Sergio Brunetto

PS: Para acessar os casos anteriores utilize a TAG "Ensino"

Concurso público CTA




Foi divulgado o edital do concurso público do DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA AEROESPACIAL (CTA). São 241 vagas. Das vagas em que graduados em Física podem se candidatar, destaco para os físicos médicos as vagas de "pesquisador assistente de pesquisa - LASER/FOTÔNICA" e "tecnologista pleno I - PROTEÇÃO RADIOLÓGICA". Os salários para estas vagas são na faixa de R$9500 para quem tem doutorado e R$7500 para quem tem mestrado.




Notícia publicada no site do CTA (fonte):

"O Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), de São José dos Campos (SP) lançou hoje, dia 08, edital para o provimento de 241 vagas em cargos efetivos da carreira de Ciência e Tecnologia. São oferecidas vagas para São José dos Campos,  para o Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), no Maranhão e Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI), em Parnamirim (RN). As vagas são de nível superior, técnico e médio e os salários variam de 2.867,31 a R$9.490,33, a depender do grau de escolaridade.

As provas objetivas serão aplicadas dia 9 de junho de 2013 nas cidades de São José dos Campos, São Luís (MA) e Natal (RN). Além das provas objetivas, para alguns cargos também será exigido prova de títulos, análise de currículos e defesa pública de memorial. 

As inscrições iniciam no dia 18 de março, seguem até 26 de abril e poderão ser realizadas pelo site da Fundação para o Vestibular da Universidade Paulista “Julio de Mesquita Filho” (VUNESP), que é a banca organizadora do concurso público.  O valor da taxa de inscrição é de R$ 90,00 para os cargos de nível superior e R$ 60,00 para os cargos de nível técnico e médio.

Informações mais detalhadas podem ser obtidas no Diário Oficial da União de 08 de fevereiro de 2013 (http://www.in.gov.br) ou no endereço eletrônico da VUNESP (http://www.vunesp.com.br)"

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Caso 12 :

SPECT : Teste de Desempenho Tomográfico


Os dados das aquisições encontram-se na imagem abaixo. O que aconteceu ????


Abraços....


Para  acessar os casos anteriores utilize a TAG "Ensino"
 
Sergio Brunetto

SPECT : Artefatos em Anel

-->
Olá pessoal,

Lembram-se do caso número 11, artefato em anel. A resposta foi curta e sem explicações. Por esta razão postei um vídeo no vocetubo (youtube) com uma abordagem um pouco mais detalhada sobre esse tipo de artefato, sua origem e seu impacto nas imagens clínicas. Espero que gostem...



SPECT : Artefatos em Anel

 http://www.youtube.com/watch?v=IGX4jdNxoW4

Abraços

Para  acessar os casos anteriores utilize a TAG "Ensino"

Sergio Brunetto


International Nuclear Atlantic Conference - INAC 2013

No "International Nuclear Atlantic Conference" (INAC) deste ano, a ser realizado em Recife, Pernambuco, cujo tema será "Os Benefícios da Tecnologia Nuclear para Inclusão Social" haverá o XI ENAN (The Meeting on Nuclear Applications), que envolverá temas gerais (listados abaixo) e que inclui área médica e da saúde. O objetivo deste encontro é trocar informações e experiências, assim como apresentar o estado da arte em relação à pesquisa e aplicação de tecnologias nucleares, com palestras de diversos especialistas nacionais e internacionais. Vale a pena dar uma conferida no site! http://www.inac2013.com.br/enan.php


Prazo para envio de trabalhos foi prorrogado para 4 de março de 2013! 

Site oficial:  http://www.inac2013.com.br/

Pôster:  http://igraficci.com.br/ftpclientes/aben/

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Curso de radioproteção 2013 - FMRP-USP

 
 
Curso: Radioproteção/2013
 
Walter Paes / Almy Silva / Gilberto Furlan
 
De 04/03/2013 à 15/03/2013 às 13:30
Bloco Didático da FMRP - Espaço de Eventos
 
 
Informações Adicionais:
  Inscrições: http://www.fmrp.usp.br/forms/radio/ - 06/02/2013 à 22/02/2013
 
Responsável pela Divulgação:
  Maristela Medeiros Santos da Silva - maristel@fmrp.usp.br
   fonte: Grupo Física Médica-USP

Conferência Internacional pela IAEA



terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

ISMRM 2013

Prezados colegas, 
como todo ano gostaria de anunciar o congresso da sociedade internacional de ressonancia magnetica em medicina que ocorrera entre 20 - 26 de Abril em Salt Lake City. 
Na minha opinao é a conferencia mais abrangente sobre IRM, aonde participam profissionais de varias areas que trabalham com ressonancia, como tecnicos, engenheiros, technologos, medicos e - com certeza varios fisicos... dessa maneira assuntos de aplicacao tecnica e clinica, programacao de sequencias, pos-processamento de imagens medicas e analise entre outros serao abordados. 
Alem disso é uma otima oportunidade de atualizar a sua rede de colaboradores.
Espero que nós nos encontraremos por la, 
Abracos, 
Thomas