Ressonância Magnética

As páginas são um canal de comunicação. Caso tenha interesse e/ou dúvidas sobre algum tema, coloque um comentário para que possamos ajudar ou buscar a ajuda necessária.

Caro Leitor, gostaria de me apresentar como novo editor da parte da Ressonância Magnética. A idea deste blog é a troca de informação sobre tudo que involve imagens por ressonancia magnética, como sequências novas, técnicas de pós-processamento em RM, aplicações clínicas, bobinas etc. Desejo a todos boas festas para a virada do ano e um excelente ano novo 2011!
Um abraço, 
Thomas Doring

P.s.: Ja peço desculpas pelo portugues furado, ja que nao sou nativo brasileiro :-).

Caro Leitor,
A partir de hoje (05/04/2011) passo a colaborar com meu amigo Thomas para a parte de Ressonância Magnética do blog Física Médica. Como exposto acima, a ideia deste blog é a troca de informações, de sequências de pulso a pós-processamento de dados, passando por notícias interessantes relacionadas à área.

Abraços a todos,
Arthur Felipe Borgonovi

PS: Gostaria de esclarecer que apesar da minha relacão profissional com um dos fabricantes (no momento sou funcionário da Philips trabalhando com Ressonância), todas as opiniões expressas neste blog refletem minha opinião pessoal e não possuem nenhuma relacão com as opiniões da empresa.

5 comentários:

  1. Olá! Tenho curiosidade de saber algumas coisas sobre um tema que desconheço, mas que achei interessante quando vi numa palestra no hospital onde trabalho... Se alguém puder me esclarecer ou indicar alguma leitura, agradeço... O tema é estimulaçao magnética transcraniana: qual o principio de funcionamento de um equipamento que realiza esse tipo de terapia, qual a penetrabilidade do campo magnético (é possível estimular regiões mais profundas, tal como hilota amo, por exemplo?) e como é feita a seleção da região a ser tratada, digo, uma vez que o medico já sabe a região do cérebro que ele gostaria de estimular, como que ele localiza essa região com o aparelho, há alguma tecnica especial ou ele apenas se basea na anatomia externa do crânio?

    Obrigado!

    Hugo - Eiko

    ResponderExcluir
  2. O princípio de funcionamento do TMS (Transcranial magnetic stimulation) é indução de corrente elétricas de pequena magnitude através de mudança rápida do campo magnético, sendo este gerado por um pulso elétrico em uma bobina simples que pode ter diversas configuração (e.g. butterfly coil). Com relação a penetrabilidade do campo, geralmente não atinge mais de 5cm de profundidade. Infelizmente por falta de contato e experiência não posso falar muito sobre o tratamento com TMS, mas segue um artigo interessante de referência: Slotema et al. Should we expand the toolbox of psychiatric treatment methods to include repetitive transcranial magnetic stimulation? A meta-analysis of the efficacy of rTMS in Psychiatric Disorders. J. Clin Psychiatry, 71:7, July 2010

    ResponderExcluir
  3. Olá pessoal tenho uma duvida eu sendo fisico médico eu posso trabalhar isto é posso realizar exames de RM.

    ResponderExcluir
  4. Acho que não está em nossas atribuições profissionais a realização de exames, mas caso tenha alguma brecha na lei dos técnicos e biomédicos ... quem sabe né ? com uma boa especialização não vejo problema.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Anônimo,

      Obrigado pela pergunta, sei que é uma dúvida que permeia muitos recém-formados na profissão. Sinceramente desconheço as regras que regem a profissão dos biomédicos, e não sei se existe alguma lei que proteja este nicho de mercado. O que posso lhe dizer é que não é comum. Normalmente físicos que trabalham com MR podem ajudar no desenvolvimento dos protocolos, no pós processamento das imagens, no treinamento de pessoas com relação à segurança em MR, na coordenação e apoio a pesquisa, no controle de qualidade do equipamento, entre outras coisas. Sei que nas empresas que fornecem os equipamentos existem pessoas com formação de Engenharia e/ou Física fornecendo treinamento para utilização dos equipamentos (Application Specialist) ou auxiliando em pesquisa (Clinical Scientist), mas desconheço físicos ocupando a vaga de biomédicos ou técnicos.

      Caso eu consiga mais detalhes sobre a pergunta volto a postar sobre o assunto, mas minha opinião pessoal é que o físico pode contribuir mais para um serviço de radiologia trabalhando em conjunto com biomédicos e técnicos ao invés de no lugar deles.

      Excluir